Category Archives: DJs

Regulamentação da profissão de DJ: qual a sua opinião?

Projeto de Lei do Senado pretende regulamentar profissões de “DJ ou profissional de cabine de som” e produtor DJ

Trabalhar com carteira assinada e direito a benefícios como férias remuneradas, após ser diplomado em curso profissionalizante – você acharia estranho se estivéssemos falando da profissão de DJ? O projeto de lei nº740, de 2007, de autoria do senador Romeu Tuma (PTB-SP), que trata dessas e de outras questões, no dia 11 de fevereiro deste ano, foi encaminhado à Câmara dos Deputados, para revisão, após longa tramitação no Senado.

Para entender melhor a proposta, conversamos com os diretores da Associação dos DJs do Estado do Rio de Janeiro – ADJ-RJ, que apoiam a ideia de regulamentação da profissão e são os maiores entusiastas do projeto, no Rio. “A grande realidade [dos DJs] ganha muito pouco e o mercado está crescendo muito, principalmente com o desenvolvimento de tecnologias”, diz Alicia Moreno, vice-presidente da Associação. Ela afirma que demandas dos próprios DJs estão presentes no texto do projeto.

É o caso do artigo 25: ele prevê que a realização de eventos com a utilização de profissionais estrangeiros deverá ter, obrigatoriamente, a participação de, pelo menos, 70% de profissionais brasileiros. “A demanda surgiu dos próprios DJs, através de seis reuniões e uma assembleia pública”, afirma.

Adesman, DJ membro da Associação, Alicia Moreno e Tonny Dicarlo

O DJ Adesman, da ADJ-RJ, Alicia Moreno e Tonny Dicarlo

Tonny Dicarlo, Presidente da ADJ-RJ, reclama que muitos produtores de eventos preferem contratar um profissional de fora. “Preferem contratar o Tiësto, com R$ 500 mil de cachê, do que pagar R$ 2 mil para o DJ nacional”, critica. “O produtor paga 30, 50, 60 reais para o DJ e acha que é bom”, diz Alicia. Segundo os diretores da ADJ-RJ, há ainda aquele ‘DJ’ “que trabalha por umas cervejas”.

Com o objetivo de buscar pisos salariais para a categoria, entre outros benefícios, eles fazem campanha através da Associação, que reúne cerca de 500 associados no estado. O apoio à causa se estende, através de associações de profissionais pelo interior do  Rio (7 no total), núcleos de DJs (são 25 no Rio, de acordo com a ADJ-RJ), e também fora do Rio de Janeiro. O apoio de Romeu Tuma, aliás, surgiu após uma conversa com o criador do Sindecs, Sindicato dos DJs e Profissionais de Cabine de Som, de São Paulo.“Temos duas mil assinaturas no Estado do Rio de 2004 até agora”, afirmam os diretores da ADJ-RJ. Até agora, eles realizaram 26 eventos divulgando suas ideias. São festas e encontros com o intuito de promover a regulamentação das atividades de DJs. Entre os associados, os DJs MP4, Tubarão, Mistake, Paulão Black Power, Halley Seidel, Cuti e Rogério Gonçalves, da rádio Transamérica. Contam inclusive com DJs do segmento gospel.

Leia aqui o Projeto

Os diretores da Associação afirmam que houve em 2009, uma vertente contrária à regulamentação, com 25 assinaturas contrárias, no Rio de Janeiro. “Queriam que o DJ fosse considerado músico prático. Ele não é um músico porque ele não canta, não lê partitura, é uma realidade completamente diferente da realidade do músico”, afirma Alicia.

Sobre a necessidade de curso para desempenho da atividade, eles defendem que o DJ manipula equipamentos de alto custo, que podem colocar em risco a vida do público, caso utilizados de modo inadequado. Os novos profissionais passariam, antes de ingressar ao mercado, por Curso Técnico Profissionalizante. “O MEC estipula a carga e característica do curso. Após regulamentação, o Ministério do Trabalho e Emprego – MTE determina o número do cadastro brasileiro da Classificação Brasileira de Ocupações –CBO”, explicam.

ADJ-RJ

A Associação está adotando uma sede no Centro do Rio. Aceitam como membros não apenas produtores e DJs, mas quaisquer interessados. Prestam assessoria juridica gratuita aos associados, que se beneficiam ainda de assistência médica. Futuramente, de acordo com os diretores, será criado um balcão de empregos para os membros. Informações: (21) 3015-2799, 7823-7154 ou associadj@yahoo.com.br.

E você, o que acha da ideia?

Anúncios

Conheça um pouco mais do “Espaço Acústica”

O novo empreendimento da Acústica Perfeita/Grupo Góes já tem nome: Espaço Acústica! Projetado pelo arquiteto João Velloso, o Espaço será, durante o dia, loja voltada para DJs, iluminação e alta tecnologia. Durante a noite, abrigará eventos, trazendo movimentação especial e cheia de sofisticação à Praça Tiradentes, no Centro do Rio de Janeiro. Assista abaixo o vídeo do projeto:

Aguardem uma agenda sofisticada de apresentações com grandes nomes da música brasileira!

Leia também:

Conheça o terraço lounge da nova loja